Casos começaram na cidade de Flint (Michigan) e também aconteceram em Toledo (Ohio) e Leesburg (Virgínia)

Imagem fornecida pela polícia do Estado do Michigan mostra retrato falado de suspeito de apunhalar pessoas nos EUA
AP
Imagem fornecida pela polícia do Estado do Michigan mostra retrato falado de suspeito de apunhalar pessoas nos EUA
Um homem suspeito de apunhalar indiscriminadamente pelo menos 16 pessoas em vários Estados americanos, causando a morte de cinco das vítimas, foi detido nesta quinta-feira, segundo a polícia. A investigação foi realizada pela polícia dos Estados de Michigan e Virgínia juntamente com o FBI (polícia federal americana).

O departamento de Polícia de Leesburg (Virgínia) informou, em comunicado, que uma pessoa foi detida pelos casos, que começaram no dia 24 de maio na cidade de Flint (Michigan) e também aconteceram em Toledo (Ohio) e Leesburg (Virgínia).

Aparentemente, as vítimas não tinham nada a ver entre si e foram apunhaladas de forma aleatória. "Apesar de esse ser um passo importante da investigação, ainda há muitas questões que devem ser abordadas antes de identificar esse indivíduo como a pessoa responsável por essa série de crimes horríveis", informaram as autoridades, no comunicado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.