Polícia detém nove pessoas em relação a atentado em Istambul

Istambul, 30 jul (EFE).- A Polícia de Istambul deteve hoje nove pessoas em relação ao atentado cometido no domingo passado, que deixou 17 mortos, incluindo uma mulher grávida de oito meses e meio, e mais de 150 feridos.

EFE |

Segundo a agência de notícias "Anatolia", os detidos são suspeitos de ter entregue o explosivo e de manter contatos com os terroristas.

Por isso, foram interrogados pela Direção de Luta Antiterrorista e colocados à disposição judicial.

Até agora, a investigação só revelou que o explosivo utilizado foi TNT, utilizado junto com pregos e outros metais para reforçar o poder de destruição.

Alguns veículos de comunicação e grupos políticos acusaram o grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) de estar por trás dos atentados em Istambul.

Outros apontaram a rede Ergenekon, formada por altos comandantes militares na reserva e políticos ultranacionalistas, acusada de tentar derrubar o Governo, como responsável pelo ataque. EFE Amu/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG