Polícia detém homem que pretendia cometer atentado contra Tabaré Vázquez

Montevidéu, 30 abr (EFE).- A Polícia da cidade de Dolores, no oeste do Uruguai, deteve um homem com problemas psiquiátricos que, segundo o mesmo reconheceu ao ser detido, planejava cometer uma tentado hoje contra o presidente uruguaio, Tabaré Vázquez.

EFE |

A detenção do indivíduo, um funcionário de 52 anos do hospital local, aconteceu nesta terça-feira, confirmou hoje a Polícia. Na revista ao domicílio do homem foi encontrada a pistola com a qual atiraria em Vázquez, como tinha confessado a um parente próximo, que o denunciou.

O presidente do Uruguai visitaria hoje o hospital de Dolores, no departamento de Soriano.

Fontes da Polícia de Soriano citados pelo jornal digital "El País" disseram que o homem tem "problemas psiquiátricos" e está em licença médica, devido a sua dependência ao álcool.

Quando foi detido, o homem afirmou que estava muito insatisfeito com a política do socialista Vázquez, e por isso estava disposto a atirar contra o líder. EFE jas/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG