Polícia detém 85 pessoas vinculadas ao narcotráfico na Itália

Roma, 20 jan (EFE).- A Polícia italiana deteve hoje 85 suspeitos membros da Camorra, a máfia napolitana, desmantelando uma rede que operava o tráfico de drogas procedente da Espanha.

EFE |

Os detidos pertencem, segundo os investigadores, às "famílias" da Camorra Gallo, Limelli e Vangone e são acusados de operar o tráfico internacional de drogas, assim como de extorsão e posse ilegal de armas.

Durante a operação, foram apreendidos 737 quilos de cocaína, 27 de haxixe e 62 de maconha, e confiscaram imóveis e contas bancárias em um valor de 65 milhões de euros.

A droga, segundo as investigações, ia da Colômbia para a Espanha, particularmente a Barcelona, e dali era distribuída à Itália.

Em outra operação antidroga, a Guarda di Finanza (Polícia financeira) deteve 38 suspeitos traficantes pertencentes à 'Ndrangheta, a máfia calabresa, e que atuavam nas localidades de Catanzaro, Reggio Calabria, Crotone, Vibo Valentia e Gioia Touro.

EFE ccg/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG