Polícia detém 57 pessoas por protestar em aeroporto de Londres

(Acrescenta informação sobre número de detidos) Londres, 8 dez (EFE).- A Polícia britânica deteve hoje 57 ativistas defensores do meio ambiente que ocuparam uma zona de segurança próxima à pista no aeroporto de Stansted, ao norte de Londres.

EFE |

O protesto, organizada pelo grupo ecologista "Planet Stupid", começou por volta das 3h15 locais (1h15 de Brasília), o que obrigou às autoridades do aeroporto a fechar, por precaução, a pista, que foi reaberta pouco depois das 8h locais (6h de Brasília).

Segundo funcionários do aeroporto, mais de 50 vôos foram cancelados, entre eles os da companhia aérea de baixo custo Ryanair, enquanto outros sofreram atrasos.

A Ryanair pediu uma investigação para estabelecer por que a British Airport Authority (BAA), operadora do aeroporto, não manteve o terminal "seguro e aberto" e acrescentou que os transtornos causados aos passageiros são "inaceitáveis".

Uma porta-voz do "Planet Stupid" informou que os ativistas estavam dispostos a ficar todo o tempo que pudessem próximos à pista.

Em comunicado, esse grupo assinalou que a alteração dos vôos em Stansted evitará a emissão de gases poluentes.

"Faz um pouco de frio, mas todos têm bom ânimo", assinalou um dos ativistas, Lily Kemer, de 21 anos, à imprensa britânica.

O grupo organizou o protesto pela decisão do Governo britânico de autorizar a expansão do aeroporto de Stansted com a construção de uma segunda pista.

Segundo esta organização, a aviação é uma indústria que está poluindo o ambiente muito rapidamente.

A BAA quer aumentar o número de passageiros em Stansted de 25 milhões para 35 milhões por ano e os vôos que saiam deste aeroporto de 241 mil para 264 mil. EFE vg/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG