Polícia detém 300 imigrantes ilegais em Malta

Roma, 1 fev (EFE).- Um barco com cerca de 300 imigrantes ilegais chegou hoje à costa sudeste de Malta, entre as cidades de Marsaxlokk e Birzebbuga, no maior desembarque de imigração ilegal dos últimos anos no país, informou o jornal local Times of Malta.

EFE |

Os imigrantes, todos procedentes da África, desembarcaram por volta das 6h30 locais (3h30 de Brasília) ao sudeste da maior das ilhas que compõem este país insulano no Mediterrâneo, onde diversos moradores advertiram de sua presença às autoridades.

A Polícia estabeleceu um corredor para levar aos imigrantes ilegais até os ônibus que os transportaram a centros de detenção da ilha, momento que pode ser assistido em um vídeo que o "Times of Malta" postou em seu site.

O fenômeno da imigração ilegal nesta região do Mediterrâneo se intensificou desde dezembro, quando mais de mil de imigrantes ilegais desembarcaram na ilha italiana de Lampedusa, um pouco ao sul de Malta. EFE mcs/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG