Polícia detém 3 adolescentes por espancarem mexicano

Nova York, 9 abr (EFE).- A Polícia americana deteve hoje três adolescentes supostamente envolvidos no espancamento a um imigrante mexicano no sábado passado, na cidade de Port Richmond, no estado de Nova York.

EFE |

Embora as autoridades não tenham dado mais detalhes, sabe-se que continua a busca por um quarto suspeito no incidente no qual o padeiro mexicano Rodolfo Olmedo, de 27 anos, foi golpeado na cabeça com um taco.

Uma câmera de vigilância na rua captou a imagem de um grupo de quatro jovens que caminhava com tacos em suas mãos após a agressão.

Os três agressores foram detidos hoje de madrugada em Port Richmond, onde se concentra a comunidade latina na ilha de Staten Island.

Olmedo, natural de Morelos e que vive em Port Richmond com sua esposa, seu filho de sete anos e seus duas filhas de três e oito anos, foi agredido próximo à padaria onde trabalha.

Após ser rodeado pelos quatro jovens, que gritavam insultos contra mexicanos, Olmedo foi espancado e derrubado ao chão. Em seguida, teve de ser levado ao Hospital Universitário de Richmond, onde se encontra em condição estável.

Os agressores também roubaram sua bolsa e telefone celular.

O cônsul do México em Nova York, Rubén Beltrán, expressou hoje sua "enérgica rejeição" ao ocorrido, que vive em Nova York há 14 anos.

"Condenamos energicamente essa agressão. Não toleraremos o ataque contra um imigrante mexicano ou de qualquer outro país", assinalou Beltrán, que também preside a Coalizão Latino-Americana de Cônsules em Nova York (CLACNY). EFE rh/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG