Polícia detém 21 suspeitos de pertencer à célula turca da Al Qaeda

Istambul, 29 ago (EFE).- A Polícia de Istambul deteve hoje 21 pessoas acusadas de pertencer a uma célula turca da rede terrorista Al Qaeda, informou a cadeia turca NTV.

EFE |

Os suspeitos foram detidos em várias operações simultâneas, coordenadas pela Promotoria do distrito de Besiktas (Istambul).

Segundo fontes da Direção de Luta Antiterrorista da Polícia turca, os detidos se preparavam para viajar ao Afeganistão para receber treinamento militar e político.

As mesmas fontes disseram que os 21 detidos também poderiam ter planejado atentados em Istambul.

Nos dias 15 e 20 de novembro de 2003 ocorreram quatro atentados na cidade de Istambul contra duas sinagogas, uma sede do banco HSBC e o consulado britânico, que provocaram em seu conjunto a morte de 57 pessoas e deixaram 700 feridos. A Al Qaeda reivindicou a autoria das ações terroristas. Em 2007, 74 pessoas foram julgadas em relação a esses atentados.

Os acusados reconheceram que membros de sua célula tinham mantido contatos com Bin Laden e cinco deles foram sentenciados à prisão perpétua, 26 foram postos em liberdade sem acusações e os demais condenados a penas entre 3 e 18 anos de prisão. EFE amu/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG