Polícia destrói 79 laboratórios de processamento de coca das Farc

Bogotá, 21 jun (EFE).- A Polícia colombiana antinarcóticos destruiu 79 laboratórios de processamento de base de coca em regiões rurais do departamento de Arauca, informaram hoje fontes oficiais, segundo as quais as instalações pertenciam às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

EFE |

Porta-vozes da Polícia disseram que os centros de produção de pasta de coca foram descobertos nos últimos oito dias, em quatro municípios da região leste do país.

Da operação, participaram vários helicópteros e cerca de 60 policiais, que destruíram todos os 79 laboratórios.

A Polícia também apreendeu 2,7 toneladas de pasta de coca, 57,3 toneladas de folha de coca em estado de maceração, 22,4 toneladas de folha de coca picada, 8,5 toneladas de precursores químicos sólidos e quase 100.000 litros de substâncias químicas para a obtenção da matéria base da cocaína.

O diretor encarregado da Polícia Antinarcóticos, coronel José Ángel Mendoza Guzmán, disse que a operação teve como objetivo "debilitar as estruturas de tráfico das Farc". EFE rrm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG