Polícia desativa pacote-bomba enviado à embaixada grega em Paris

Chancelaria grega afirmou que o pacote foi entregue na embaixada e possivelmente teria vindo da Itália

iG São Paulo |

Um pacote-bomba enviado à Embaixada da Grécia em Paris foi descoberto por autoridades e desativado com segurança, informou um porta-voz da instituição. O porta-voz disse que o pacote chegou sem marcas externas ou identificação do remetente, o que deixou as autoridades sob suspeita. Eles então, ligaram para a polícia, que esvaziou a embaixada por 40 minutos.

Saiba mais: Pacote-bomba deixa um ferido em prédio público italiano

A polícia francesa descobriu um explosivo pouco potente dentro do envelope, e o detonou sob condições controladas.

O ministro das Relações Exteriores grego divulgou um comunicado dizendo que a carta foi entregue essa manhã à embaixada, citando o embaixador como o destinatário. Segundo o comunicado, havia indicação que o pacote teria sido enviado da Itália.

Na semana passada, em Roma, um pacote-bomba explodiu no escritório da empresa de arrecadação de impostos da Itália (Equitalia), deixando uma autoridade ferida. Um grupo anarquista italiano reivindicou a responsabilidade por tal bomba e pelo envio de outros explosivos na semana passada ao presidente-executivo do Deutsche Bank Josef Ackermann, que a descobriu na quarta-feira, antes de abri-la.

No ano passado, perto do Natal, o grupo anarquista enviou pacotes-bomba para três embaixadas de Roma, ferindo duas pessoas.

Os incidentes recentes ocorrem em meio à insatisfação popular na Itália e na Grécia por conta dos cortes das despesas do Estado, com o objetivo de baixar a dívida dos governos que ameaçam o euro.


Com AP e Reuters

    Leia tudo sobre: bombaembaixadagréciapacote bombafrançaparis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG