Bogotá, 13 mar (EFE).- Na véspera das eleições legislativas, a Polícia Nacional colombiana desativou hoje um carro-bomba no centro da cidade de Cali e deteve duas pessoas apontadas como membros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

O comandante da Polícia de Cali, general Miguel Ángel Bojacá, esclareceu à imprensa que primeiro aconteceram as detenções e, depois, a desativação da bomba.

Os detidos seriam da frente Manuel Cepeda da guerrilha das Farc e, de acordo com o general, levavam mais material explosivo.

Segundo o diretor-geral da Polícia local, general Oscar Naranjo, o carro vermelho estava estacionado em uma rua perto da sede do Governo do departamento (estado) de Valle, que tem Cali como capital, e da Prefeitura.

A suspeita da presença de bombas no carro chegou a levar à evacuação de várias ruas do centro da cidade. EFE rrm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.