Nova York, 8 jan (EFE).- As autoridades de Nova York identificaram hoje o corpo esquartejado e calcinado de uma mulher que havia sido achado no teto do apartamento em que ela vivia, no bairro do Bronx, informou hoje a imprensa local.

Manuella Paulemont, de 29 anos, foi dada como desaparecida esta semana por seus familiares, que não conseguiam localizá-la em casa nem no trabalho.

Segundo a rede de televisão "NY1", um legista determinou que Paulemont morreu em decorrência de um corte no pescoço.

O corpo da mulher foi achado ontem, quando a Polícia esteve na casa da vítima, onde também encontrou e deteve o ex-namorado dela, Shadrons Rambert, de 28 anos, com quem a mulher viveu dois anos em outro imóvel.

As extremidades do corpo da vítima ainda não foram encontradas, informou a "CBS", que disse que a Polícia foi várias vezes alertada das brigas que o casal tinha na outra residência em que viveu. EFE mgl/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.