Polícia de Nova York retoma buscas por turbina de avião que caiu no rio Hudson

NOVA YORK - A polícia americana retomou nesta terça-feira as buscas por um dos motores do avião que fez uma aterrissagem de emergência no rio Hudson, entre Nova York e Nova Jersey.

Redação com EFE |

Reuters

Avião foi retirado das águas do Hudson neste sábado

As autoridades concentram as buscas na área próxima ao pouso, que ocorreu em 15 de janeiro. A equipe utiliza um sonar e vem monitorando a temperatura da água, já que o frio pode pode danificar o material. Além disso, um robô equipado com câmera também auxilia o trabalho.

As autoridades encontraram uma das turbinas na última sexta-feira, enquanto a outra segue desaparecida. O Comitê Nacional de Segurança no Transporte dos Estados Unidos (NTSB, em inglês) informou que a investigação sobre o acidente podem demorar até um ano.

O avião da US Airways caiu no rio Hudson, em Nova York, no dia 15 de janeiro, cerca de três minutos após ter decolado do aeroporto de LaGuardia em direção a Charlotte, na Carolina do Norte. Todos os 150 passageiros e 5 tripulantes que estavam a bordo foram resgatados com vida.

Leia mais sobre: acidente aéreo

    Leia tudo sobre: avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG