Polícia da Suécia detém quatro supostos terroristas

Galeria na cidade de Gotemburgo foi evacuada, mas polícia não confirmou se o centro artístico era alvo potencial para atentado

iG São Paulo |

A polícia sueca deteve na noite deste sábado quatro suspeitos de preparar um atentado terrorista em Gotemburgo, segunda maior cidade do país, informaram agências de notícias, citando fontes policiais.

AP
A galeria Roda Stens, sob a ponte Alvsborgsbron, foi evacuada pela polícia

"Quatro pessoas foram detidas sob suspeita de preparar um ato terrorista", disse Sara Kvantröm, porta-voz da polícia sueca, em declarações publicadas pelo tabloide Expressen. Ela acrescentou que os suspeitos foram detidos na costa oeste da cidade.

As detenções foram precedidas de um longo acompanhamento dos supostos terroristas. Sara não deu mais detalhes sobre o ocorrido, alegando que tinha que respeitar o segredo de Justiça e disse que a polícia não viu razão para aumentar o nível de alerta para o terrorismo, que está "elevado" desde outubro. "Nossa avaliação é que não há razão para preocupações no momento".

A galeria de arte Red Rock e seus arredores foram isolados, provavelmente por conta da ameaça. A porta-voz não confirmou se o centro de arte era considerado um alvo potencial para o atentado. De acordo com Mia Christersdotter Norman, curadora do Roda Stern, cerca de 400 visitantes estavam comemorando a abertura da bienal internacional de arte contemporânea e grafite, quando a polícia ordenou que todos saíssem.

"Por volta da meia-noite, eu fui chamada pela polícia e eles disseram que havia uma ameaça relacionada ao prédio e pediu para que saíssemos calmamente do local, o que fizemos", relatou. "A polícia fez buscas por todo o prédio, mas não achou nada", disse, acrescentando que a galeria abrirá normalmente ao domingo.

* Com AP, AFP e EFE

    Leia tudo sobre: suéciaatentadoterrorismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG