Polícia da Itália confisca par de brincos de diamantes de Maradona

A polícia fiscal da Itália confiscou, nesta sexta-feira, os brincos de diamante do técnico de futebol argentino Diego Maradona, que está hospedado em um spa no nordeste do país. Autoridades italianas afirmam que o ex-jogador deve cerca de 31 milhões de euros (R$ 82 mi) como parte de um acordo de dívidas fiscais que Maradona acumulou durante o período em que jogou no clube italiano de futebol Napoli, entre 1984 e 1991.

BBC Brasil |

O par de brincos de diamantes foi avaliado em aproximadamente 4 mil euros (cerca de R$ 10 mil).

Segundo o correspondente da BBC em Milão Mark Duff, a indignação de Maradona foi "completa" quando os oficiais da polícia ordenaram que o astro do futebol entregasse os brincos.

Essa não é a primeira vez que as autoridades italianas confiscam objetos de valor de Maradona. Anteriormente, a polícia já havia confiscado dois relógios da marca Rolex e também ordenou que o treinador entregasse o cachê recebido por uma participação em um programa de TV italiano.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG