A polícia da Finlândia acredita ter encontrado o ladrão de um carro graças a uma amostra de DNA coletada de um mosquito que estava dentro do veículo.

Segundo a agência de notícias France Presse, o carro foi roubado em junho passado em Lapua, a cerca de 380 km ao norte de Helsinki, e encontrado pouco depois a 25 km de distância, perto de uma estação ferroviária na cidade de Seinaejoki.

Ao examinar o carro, os policias acharam o mosquito e concluíram que ele havia picado alguém pouco antes. O DNA encontrado correspondia a uma amostra registrada nos arquivos da polícia.

O suspeito, no entanto, nega ter roubado o carro e afirma que só "pegou uma carona".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.