Polícia da Espanha detém grupo que inclui brasileiro por distribuir drogas

Ibiza (Espanha), 4 set (EFE).- As autoridades espanholas desarticularam na ilha de Ibiza (leste da Espanha) uma rede que distribuía drogas nas discotecas locais, em uma operação que levou à detenção de 15 pessoas, incluindo de nacionalidade brasileira, segundo um comunicado emitido na quarta-feira pela Direção Geral da Polícia e da Guarda Civil.

EFE |

Os detidos são de quatro nacionalidades - colombiana, espanhola, uruguaia e brasileira - e são acusados de crime contra a saúde pública, contrabando e formação de quadrilha, diz a nota.

Os policiais também apreenderam 37 gramas de cocaína, 792 gramas de haxixe, 12 mil euros em dinheiro, além de diversos materiais usados para preparar as drogas para o consumo.

As investigações da chamada "Operação Lobo" começaram no início de julho, depois que a Guarda Civil identificou alguns pontos de venda dessas substâncias em bares da região.

Para desmantelar a quadrilha, foram colocados agentes infiltrados nos lugares onde os criminosos atuavam. Entre os detidos, está o proprietário de uma discoteca de Ibiza, que supostamente facilitava o tráfico de drogas dentro do local.

Por enquanto, a polícia não divulgou mais informações sobre a identidade dos acusados.

gl/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG