Polícia da Argélia desmantela rede de apoio a braço da Al Qaeda

Argel, 18 out (EFE).- Nas últimas 48 horas, a Polícia da Argélia deteve 12 pessoas pertencentes a uma rede de apoio à Al Qaeda para o Magrebe islâmico (AQMI), informaram hoje as autoridades.

EFE |

Segundo informações, as detenções aconteceram na região da Cabília, no nordeste do país, onde a rede atuava da região de Chabet El Ameur até a divisa com a província de Tizi Ouzou.

Suspeita-se que os 12 detidos tenham participado de alguns atentados cometidos este ano na região, destacaram as fontes.

A principal missão do grupo era informar as brigadas da AQMI sobre os deslocamentos das forças de segurança, garantir meios de transporte aos terroristas, abastecê-los com alimentos e organizar operações de extorsão para arrecadação de fundos.

Desde o começo do ano, cerca de 300 pessoas foram detidas na Argélia por pertencerem a redes de apoio a grupos de fundamentalistas, indicam dados da imprensa local. EFE sk/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG