Polícia croata detém acusado de participar do massacre de Srebrenica

Zagreb, 20 abr (EFE).- A Polícia croata deteve a Franc Kos, acusado de crimes de guerra por suposta participação no massacre de Srebrenica (Bósnia-Herzegovina) em 1995, confirmou hoje à Agência Efe o porta-voz do Ministério do Interior da Croácia, Krunoslav Borovec.

EFE |

Kos foi detido ontem à noite por uma ordem de busca e captura emitida pela Procuradoria bósnia quando tentava ir de ônibus da Sérvia para a Croácia próximo à cidade croata de Osijek, confirmou o porta-voz.

Antigo membro de uma unidade especial das forças servo-bósnias, Kos é acusado de ter participado do massacre de Srebrenica, onde em julho de 1995 mais de 8 mil civis bósnios foram assassinados depois que os servo-bósnios ocuparam o local, protegido por soldados da missão de paz da ONU.

Segundo a imprensa bósnia, a Procuradoria do país pedirá urgentemente a extradição de Kos, que nasceu em 1966 na Eslovênia e que nos últimos anos vivia em Bijeljina, na República Srpska (Bósnia-Herzegóvina). EFE vb/sa

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG