Polícia crê que suspeito de matar 8 nos EUA tem explosivos em casa

Washington, 20 jan (EFE).- A Polícia rastreia hoje a casa do suspeito de ter matado oito pessoas no condado de Appomatox, no estado americano da Virgínia, ontem à noite, por causa da suspeita de que haja explosivos no local, onde foram encontrados alguns dos cadáveres.

EFE |

O xerife do condado de Appomatox, Wilson Staples, declarou que o suspeito, Christopher Speight, de 39 anos, pode ter colocado explosivos nos arredores da casa.

O suspeito se entregou às 7h10 locais (10h10 de Brasília) após passar a noite escondido em uma área de floresta cercado por pelo menos 100 policiais.

Segundo Staples, o suspeito não estava armado quando se entregou, mas usava um colete à prova de balas.

As autoridades encontraram ontem à noite três corpos dentro da casa da qual Speight é co-proprietário, situada em uma área rural, e outras quatro vítimas fatais do lado de fora. A oitava vítima, que foi encontrara ferida em um local próximo, morreu pouco depois.

A Polícia ainda não sabe os motivos do ataque, nem quantas das vítimas eram familiares de Speight, disse Staples. EFE elv/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG