Polícia colombiana prende um dos criminosos mais procurados do país

A Polícia colombiana prendeu nesta sexta-feira o narcotraficante Miguel Angel Mejía Múnera, três dias depois de ter matado seu irmão gêmeo Víctor Manuel, ambos com pedidos de extradição dos Estados Unidos e considerados os maiores líderes de organizações criminosas foragidos no país, informou a instituição.

AFP |

Mejía Múnera, conhecido como "El Loco" e líder do grupo "Los Mellizos", foi detido de madrugada em uma propriedade do município de Honda (140 km a sudoeste de Bogotá, no departamento de Tolima), disse à AFP uma fonte policial.

O traficante foi preso por agentes da Polícia Judiciária (Dijin) junto com pelo menos dois seguranças, acrescentou a fonte, indicando que o criminoso será apresentado publicamente durante a manhã.

Sua detenção foi efetuada depois que na terça-feira seu irmão Víctor Manuel foi morto em uma fazenda da cidade de Tarazá (noroeste, departamento de Antioquia), junto com dois outros criminosos. Outras três pessoas foram detidas neste local.

Há um pedido de extradição por parte dos Estados Unidos contra "Los Mellizos", e são oferecidos até cinco milhões de dólares de recompensa por cada um.

Segundo o Ministério da Defesa, ambos eram considerados os maiores narcotraficantes do país após a prisão de Diego Montoya em setembro e o assassinato em fevereiro de Wílber Varela na Venezuela.

As autoridades afirmam que "Los Mellizos" compraram uma "franquia" dos paramilitares no final dos anos noventa e foram admitidos pelo governo colombiano no processo de paz com grupos de ultradireita, mas logo se retiraram alegando falta de garantias para não serem extraditados.

axm/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG