Polícia colombiana prende rebelde responsável por logística das Farc

Bogotá, 18 jul (EFE) - A Polícia da Colômbia capturou o rebelde das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) encarregado de fornecer alimentos, remédios e armas à frente do grupo e responsável por custodiar os 15 reféns que foram resgatados pelo Exército no dia 2, informaram hoje fontes oficiais. Luis Alfonso Espinosa, conhecido como Pochis, foi detido em uma operação da Polícia no bairro La Bastilla, de Villavicencio (centro), departamento de Meta, embora as fontes não tenham precisado quando ocorreu sua detenção. O diretor da Polícia, general Óscar Naranjo, destacou que o rebelde se fazia passar por transportador em Villavicencio e que era o encarregado de abastecer os guerrilheiros que custodiavam os reféns libertados na Operação Xeque. A importância desta captura se vincula ao fato de que o indivíduo foi responsável por abastecer e oferecer toda a logística à frente primeira das Farc, disse o oficial. Com ele são 10 os guerrilheiros da frente primeira da guerrilha que foram capturados nos últimos dias. Pochis era o responsável por fornecer alimentos, remédios, material cirúrgico e armas à frente e cumpria ordens dos carcereiros de Ingrid Betancourt, conhecidos como César e Enrique Gafas, capturados na operação de resgate de 2 de julho. Espinosa, de 27 anos, tem uma ordem de captura da Promotoria por crime de rebelião e a captura ocorreu devido a uma operação que começou em 2003 contra estruturas do narcotráfico das Farc, da...

EFE |

) coordenava com 'Pochis' a troca de cocaína por armas que iam parar nas mãos dos guerrilheiros da frente primeira", destacou uma fonte policial à versão digital do "El Tiempo". EFE fer/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG