Polícia colombiana intercepta pombo com cartão para celular para preso

Bogotá, 13 abr (EFE).- A Polícia colombiana descobriu um pombo-correio que levava um cartão para telefone celular que tinha como destino um preso em uma das penitenciárias do departamento de Boyacá, centro do país, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

O dispositivo para telefone celular "ia para algum interno das penitenciárias El Barne ou Cómbita", localizadas em Tunja, capital desse território, 130 quilômetros ao nordeste de Bogotá, segundo um comunicado da Polícia.

O mesmo relatório destacou que a "inovadora técnica utilizada pelos criminosos visa a evitar os controles das autoridades e continuar cometendo delitos a partir do interior dos centros carcerários através de ligações para extorsão e coordenação telefônica de atividades à margem da lei".

O pombo foi encontrado no galho de uma árvore, cansado devido à chuva que caia e pelo peso do cartão, que estava envolvido em uma bolsa presa ao corpo do animal.

A ave tinha nas patas dois anéis coloridos que o destinatário identificaria quando o animal chegasse ao lugar.

Os pombos também são bastante usados para introduzir drogas nas penitenciárias, explicou a Polícia. EFE rrm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG