BOSTON (Reuters) - Policiais cercaram um ônibus em Portsmouth, no Estado norte-americano de New Hampshire, e interromperam o trânsito em várias ruas nesta quinta-feira após receberem informações de que haveria uma bomba no veículo, informou a imprensa local.

A televisão local disse que a polícia da cidade, a cerca de 100 quilômetros de Boston, recebeu uma denúncia sobre um possível explosivo no ônibus, que havia iniciado viagem em Banhgor, no Maine.

" /

BOSTON (Reuters) - Policiais cercaram um ônibus em Portsmouth, no Estado norte-americano de New Hampshire, e interromperam o trânsito em várias ruas nesta quinta-feira após receberem informações de que haveria uma bomba no veículo, informou a imprensa local.

A televisão local disse que a polícia da cidade, a cerca de 100 quilômetros de Boston, recebeu uma denúncia sobre um possível explosivo no ônibus, que havia iniciado viagem em Banhgor, no Maine.

" /

Polícia cerca ônibus em New Hampshire após alerta de bomba

BOSTON (Reuters) - Policiais cercaram um ônibus em Portsmouth, no Estado norte-americano de New Hampshire, e interromperam o trânsito em várias ruas nesta quinta-feira após receberem informações de que haveria uma bomba no veículo, informou a imprensa local.

A televisão local disse que a polícia da cidade, a cerca de 100 quilômetros de Boston, recebeu uma denúncia sobre um possível explosivo no ônibus, que havia iniciado viagem em Banhgor, no Maine.

Reuters |

BOSTON (Reuters) - Policiais cercaram um ônibus em Portsmouth, no Estado norte-americano de New Hampshire, e interromperam o trânsito em várias ruas nesta quinta-feira após receberem informações de que haveria uma bomba no veículo, informou a imprensa local.

A televisão local disse que a polícia da cidade, a cerca de 100 quilômetros de Boston, recebeu uma denúncia sobre um possível explosivo no ônibus, que havia iniciado viagem em Banhgor, no Maine.

Após duas horas, 17 passageiros deixaram o ônibus com suas mãos atrás das cabeças. Não se sabe quantas pessoas estavam no veículo.

Membros do FBI e da agência norte-americana para explosivos e armas de fogo estiveram ao local, juntamente com a polícia local e Estadual.

(Reportagem de Aaron Pressman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG