Polícia calcula que 10 milhões de colombianos participaram de marchas

Bogotá, 21 jul (EFE).- Cerca de dez milhões de colombianos participaram das manifestações realizadas no domingo no país para exigir a libertação dos seqüestrados pelos grupos armados ilegais e os criminosos comuns, disseram hoje as autoridades policiais de Bogotá.

EFE |

O diretor de Segurança Cidadã da Polícia Nacional, general Orlando Páez, declarou à "W Radio" que o dia 20 de julho "foi um dia histórico pela mobilização em massa" dos cidadãos.

"No âmbito desta atividade patriótica tão impressionante, cabe fazer referência que não aconteceu nenhum incidente em questão de ordem pública que afetasse a mobilização em massa de cera de 10 milhões de habitantes", declarou o oficial.

Páez afirmou que a Colômbia não apresentou apenas um caso de homicídio no domingo passado, data na qual o país lembrou o 198º aniversário da Independência Nacional e marchou contra o seqüestro.

A mobilização foi causada pela iniciativa de um dos 15 reféns das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) resgatados no dia 2 de julho durante uma operação secreta do Exército no departamento (estado) do Guaviare (sudeste).

Na ação foram resgatados a ex-candidata presidencial Ingrid Betancourt, três americanos e 11 soldados militares e policiais, que estavam em um grupo de 40 reféns que os rebeldes pretendem trocar por 500 insurgentes presos.

O general Páez disse que ontem "o país protestou em busca da paz e da liberdade de todos os colombianos que estão nos grupos armados ilegais, e isto se viu refletido nos números de criminalidade, que diminuíram". EFE jgh/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG