Nova York, 11 fev (EFE).- A Polícia de Nova York procura pelos restos do corpo de um pedestre que foi atropelado e arrastado hoje por mais de 27 quilômetros pelas ruas da cidade.

A Polícia informou que a vítima ainda não foi identificada e que, por enquanto, a única informação disponível é de que se trata de um pedestre que foi atropelado na manhã desta quarta-feira enquanto tentava atravessar uma rua do Queens.

O próprio motorista da caminhonete 4x4 que atropelou o transeunte alertou as autoridades locais, e assegurou que pensava ter atropelado uma pessoa, embora não pudesse ver o corpo.

Aparentemente, imediatamente depois do acidente uma outra caminhonete atropelou a vítima, que ficou enganchada em seu chassi.

O corpo foi arrastado por ruas e rodovias que ligam o Queens ao bairro vizinho do Brooklyn, até Coney Island.

Depois de mais de 27 quilômetros, o motorista da caminhonete parou e descobriu por indicação de outros motoristas o corpo desfigurado e mutilado, segundo detalhou a Polícia, que ainda desconhece se no momento do segundo atropelamento a vítima ainda estava viva.

"O motorista parou antes - aparentemente alertado por um estranho cheiro de queimado - mas não encontrou nada de estranho embaixo do veículo e continuou", explicou o chefe da Polícia de Nova York, Raymond Kelly. EFE mgl/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.