Polícia britânica encontra 3º corpo em mansão incendiada

Londres, 1 set (EFE).- A Polícia britânica encontrou um terceiro cadáver em uma mansão incendiada misteriosamente em Maesbrook, onde os agentes já haviam achado há três dias outros dois corpos, um deles o da esposa do milionário dono do imóvel.

EFE |

A Polícia informou hoje que o cadáver foi achado no interior da casa, localizada no condado de Shropshire (oeste), em um caso que comoveu o Reino Unido.

Nos últimos dias, os legistas encontraram na mansão os corpos de duas pessoas, uma delas Jillian Foster, de 49 anos, que foi baleada na cabeça antes do incêndio, na madrugada do último dia 25.

A Polícia não revelou ainda a identidade de uma outra vítima, embora a imprensa não descarte se tratar de Christopher Foster, de 50 anos, dono do imóvel.

O terceiro cadáver, segundo a imprensa britânica, pode ser o da filha do casal, Kirstie, de 15 anos.

As autoridades de West Mercia (noroeste) acreditam que o incêndio tenha sido criminoso e tratam a morte de Jillian como um caso de assassinato.

Perto dos corpos foi encontrada uma espingarda que Christopher possuía legalmente.

Além disso, os agentes encontraram quatro cachorros e três cavalos mortos a tiros nos estábulos e terrenos da casa.

O incêndio começou na madrugada do último dia 26, depois que a família retornou da casa de um amigo.

Até a última sexta-feira, os investigadores não puderam começar as investigações, pois o mal estado do imóvel e o risco de desabamentos os impediam de entrar.

Christopher, que comprara a mansão há alguns anos, atravessava sérios problemas financeiros e tinha uma ordem judicial contra si que impedia a venda da propriedade, avaliada em aproximadamente 1,5 milhão de euros.

Christopher acumulou sua fortuna através da Ulva Ltd, uma empresa de venda de tecnologia para o isolamento de plataformas petrolíferas montada por ele próprio, mas que desde o ano passado acumulou dívidas de quase 1,15 milhão de euros. EFE vg/fh/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG