Londres, 29 jun (EFE).- A Polícia britânica foi acusada de bloquear uma investigação em torno da suposta discriminação sofrida por oficiais negros, asiáticos e muçulmanos.

A Associação de Policiais Muçulmanos tinha decidido realizar uma pesquisa sobre a distribuição dos agentes de minorias étnicas por hierarquia e especialidades.

Mas 20 das 43 forças da Polícia na Inglaterra e Gales se negaram a apresentar a informação solicitada amparados nas leis sobre proteção de dados, informa hoje a "BBC".

A associação pediu a intervenção da ministra do Interior, Jacqui Smith, e advertiu que recorrerá à lei sobre Liberdade de Informação se não receber uma resposta satisfatória.

Em carta enviada à ministra e aos comissários chefes, o presidente da associação, Zaheer Ahmad, se pergunta por que algumas forças da Polícia se mostraram dispostas a cooperar com a enquete e outras não. EFE jr/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.