Polícia brasileira detém suposto membro da Al Qaeda

São Paulo, 26 mai (EFE).- Um suposto membro da rede terrorista internacional Al Qaeda foi detido no Brasil, confirmaram fontes policiais à Agência Efe nesta terça-feira.

EFE |

As fontes consultadas pela Efe, entretanto, não confirmaram se o detido é um suposto líder da Al Qaeda, e evitaram fornecer detalhes da operação, a identidade do suspeito ou suas atividades.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva confirmou a detenção ao ser perguntado sobre o assunto na coletiva de imprensa concedida ao lado do chefe de Estado venezuelano, Hugo Chávez, em Salvador.

"A informação é que há uma pessoa detida e que a Polícia Federal (PF) está investigando sob sigilo, mas não tem condições de provar nada até agora", disse Lula.

O chefe de Estado brasileiro também criticou o fato de a denúncia ter partido de fora do país.

"Acho que é uma falta de respeito alguém de fora opinar sobre uma pessoa que foi detida no Brasil e que está sendo investigada sigilosamente. O Brasil não tem o hábito de dar opiniões sobre o que ocorre em outros países", declarou. EFE wgm/plc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG