Polícia boliviana apreende 632 quilos de cocaína que iam para o Brasil

La Paz, 17 jul (EFE).- A Polícia da Bolívia prendeu três pessoas e apreendeu 632 quilos de cocaína escondidos em dois caminhões que entraram no país a partir do Peru e que tinham como destino Argentina e Brasil, informou hoje o chefe desta unidade, o coronel René Sanabria.

EFE |

Sanabria disse à Agência Efe que a apreensão aconteceu na última quarta e foi resultado de um trabalho de 20 dias durante os quais foi realizado um acompanhamento dos caminhões que entraram na Bolívia pela localidade de Copacabana, que faz fronteira com o Peru.

Segundo Sanabria, os veículos entraram na alfândega da cidade de Santa Cruz para declararem uma carga de mesas, cadeiras e garrafas de plástico, além de latas com alimentos, mas após uma inspeção foram encontrados pacotes escondidos de cocaína.

Na operação três bolivianos foram detidos, sendo que dois deles eram os motoristas dos caminhões e o terceiro, aparentemente, o dono da droga, afirmou o chefe policial.

Sanabria disse que esta apreensão, uma das maiores dos últimos meses, prova outra vez que os traficantes do Peru usam a Bolívia como país de passagem para enviar cocaína para outras nações.

De fato, neste caso, segundo as investigações preliminares, os caminhões tinham como destino Argentina e Brasil.

Em 2008 a Polícia boliviana já confiscou até agora um total de 13 toneladas de cocaína, enquanto de maconha se chega ao total de 1.110 toneladas. EFE ja/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG