Polícia belga encontra nova carta ameaçando rainha Fabíola

Bruxelas, 6 jan (EFE).- As autoridades belgas descobriram outra carta com ameaças de morte contra a rainha Fabíola, a terceira em dois dias, informou hoje o jornal La Derniere Heure.

EFE |

As autoridades belgas já tinham aumentado a segurança pessoal da rainha depois das mensagens de ameaça recebidas nesta semana.

A nova mensagem foi um cartão-postal encontrado na terça-feira no correio de Anderlecht (Bruxelas) e que já está sendo analisado pela Polícia, divulga o jornal, em seu site.

Na segunda-feira, um cartão parecido foi recebido na redação do jornal, enquanto, na terça-feira, a rede de televisão flamenga "VTM" informou que tinha recebido uma carta com ameaças havia várias semanas, mas não a tinha divulgado.

Em maio do ano passado, as autoridades tinham investigado uma mensagem enviada ao mesmo jornal, que alertava sobre um suposto plano de um grupo flamengo para assassinar a rainha Fabíola com um tiro durante as comemorações do Dia Nacional da Bélgica, em 21 de julho.

Fabíola de Mora e Aragão, de 81 anos, de origem espanhola, casou-se em 1960 com o rei Balduíno da Bélgica, que morreu em 1993, aos 63 anos.

Desde então, ela mantém o título de rainha, também pertencente a Paola, esposa do rei Alberto II, e em suas últimas aparições mostrou um estado físico debilitado. EFE rcf/sa-an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG