Polícia austríaca recupera valioso rubi roubado e detém 3 pessoas

Viena, 6 nov (EFE).- A Polícia austríaca encontrou um valioso rubi chamado Príncipe de Burma, avaliado em 3,2 milhões de euros e roubado em agosto de um joalheiro alemão em Milão, na Itália.

EFE |

Em uma operação no sul da Áustria, foram detidos três suspeitos de nacionalidade austríaca (uma mulher de 39 anos e dois homens, de 21 e 40 anos), possíveis líderes de um "grande grupo transnacional" que opera em toda a Europa, disse Gerhard Joszt, do Escritório contra o Crime, à televisão pública "ORF".

Os três eram procurados por ordem internacional e foram detidos em um hotel na cidade de Villach, na Caríntia, onde a Polícia confiscou pedras preciosas e jóias por um valor total estimado em 3,5 milhões de euros - incluindo o famoso rubi.

O "Príncipe de Burma", com sete centímetros de diâmetro e considerado único no mundo, tinha sido roubado de um joalheiro alemão em um assalto em Milão em agosto, durante uma feira de jóias.

EFE wr/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG