Polícia australiana apreende 4,4 toneladas de ecstasy

Sydney (Austrália) - A Polícia australiana anunciou hoje a apreensão de 4,4 toneladas de ecstasy, carregamento considerado o maior do mundo descoberto até agora, informou a rádio local ABC.

EFE |

Durante a operação, foram detidas 16 pessoas nos estados de Victoria, Nova Gales do Sul, Tasmânia e Austrália do Sul.

A droga estava escondida em 3.000 latas de tomate em conserva que chegaram ao porto de Melbourne em um contêiner no dia 28 de junho do ano passado.

A partir da descoberta do carregamento, a Polícia substituiu as pastilhas de ecstasy por outras similares e inofensivas, e seguiu os movimentos de carregamento, mas não agiu até hoje, ao executar 45 ordens de busca nos quatro estados.

A investigação revelou também uma operação de lavagem de mais de 49 milhões de dólares australianos (US$ 44 milhões).

Se fosse vendido nas ruas da Austrália, o carregamento teria alcançado um valor de aproximadamente 440 milhões de dólares australianos (cerca de US$ 400 milhões de dólares no câmbio atual).

Leia mais sobre: ecstasy

    Leia tudo sobre: drogas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG