Polícia argentina detém suspeito de ameaçar Cristina Kirchner

Buenos Aires, 6 jan (EFE).- A Polícia deteve hoje em Buenos Aires um homem acusado de ameaçar por rádio a presidente da Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, quando ela viajava de helicóptero em dezembro passado.

EFE |

O detido, identificado como Néstor González, é um radioamador de 60 anos que mora na periferia de Buenos Aires. A Polícia apreendeu equipamentos de rádio e antenas móveis com ele.

No início de dezembro passado, o rádio do helicóptero em que Cristina estava foi invadido por ameaças e insultos a ela, episódio qualificado de "muito grave" pelo Governo.

O incidente ocorreu quando a presidente ia de sua residência oficial, nos arredores de Buenos Aires, para a Casa Rosada, sede do Governo, em pleno centro da capital argentina.

O Governo lembrou que as ameaças foram feitas no mesmo dia em que começava o julgamento contra Alfredo Astiz e outros 18 ex-militares acusados de crimes de lesa-humanidade durante a ditadura argentina (1976-1983). EFE alm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG