A polícia da cidade alemã de Hamburgo desenvolveu um novo tipo de sutiã para mulheres da força com o objetivo de reduzir os estragos causados por ferimentos a bala. No total, mais de 3 mil mulheres policiais na ativa em todo o país deverão usar a nova peça íntima.

A policial que teve a idéia do novo sutiã disse que as peças íntimas tradicionais não funcionavam bem com os coletes à prova de bala.

"Eu sempre achei que sutiãs normais apresentavam riscos de segurança e queria mudar isto", disse Carmen Kibat, uma assessora para oportunidades iguais da polícia federal alemã, a Bundespolizei.

"O impacto de uma bala pode empurrar as peças de metal e plástico de um sutiã para dentro do corpo da policial, causando ferimentos graves", afirmou.

Dezenas de policiais alemãs testaram o novo modelo durante dois meses e agora ele foi incorporado ao uniforme da força.

O novo sutiã se parece com o modelo usado para praticar esportes - é branco e feito de algodão, poliéster e elástico, e possui enchimento. O importante é que não possui nenhum aro de sustentação do seio ou fecho de metal ou plástico. Na parte de baixo está estampada a palavra "polizei" (polícia, em alemão).

E estão sendo oferecidas três variedades do modelo.

"Estes novos sutiãs representam um trabalho pioneiro", disse Ruediger Carstens, porta-voz da Bundespolizei. "Mostra que a segurança de nossas policiais tem alta prioridade."

Leia mais sobre polícia

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.