Polícia alemã dispersa protesto contra trem com resíduos nucleares

Berlim, 9 nov (EFE).- A Polícia alemã dissolveu hoje contundentemente o bloqueio protagonizado por cerca de 500 ativistas antinucleares, que ficaram sobre os trilhos no trajeto destinado ao trem com resíduos atômicos destinado a Gorleben, no norte da Alemanha.

EFE |

O contingente antidistúrbios enfrentou os manifestantes, que se refugiaram nas florestas ao redor, enquanto extinguiam com canhões de água várias barricadas de fogo sobre os trilhos.

Segundo um porta-voz policial, a situação tinha ganhado dimensões "imprevisíveis", diante da passagem nas próximas horas do trem que partiu na sexta-feira da unidade de reprocessamento de La Hague (França) com resíduos de usinas nucleares.

O transporte entrou na Alemanha ontem com mais de 12 horas de atraso, até que a Polícia conseguiu retirar três ativistas que tinham se colocado presos com cimento nos trilhos.

Na região de Dannenberg, cidade vizinha a Gorleben, milhares de manifestantes passaram a noite em meio a manifestações, enquanto se preparavam para ações maciças hoje, quando o trem deve chegar.

Entre sexta-feira à noite e ontem, concentraram-se na região cerca de 15 mil manifestantes, a maior mobilização do grupo antinuclear alemão nos últimos anos.

Junto com os manifestantes que vieram de todo o país, participam dos protestos moradores da região e camponeses com seus tratores.

EFE gc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG