Polícia ainda não tem pistas do paradeiro de sobrinho de Jennifer Hudson

Washington, 26 out (EFE) - As autoridades de Chicago (Estados Unidos) continuam buscando hoje o sobrinho da atriz e cantora Jennifer Hudson, Julian King, de 7 anos, que desapareceu na sexta-feira, no mesmo dia em que a mãe e o irmão da estrela foram assassinados.

EFE |

Pouco os corpos de Darnell Donerson, de 57 anos, e Jason Hudson, de 29, na casa da família em Chicago, a Polícia deteve William Balfour, de 27 anos, que recentemente tinha se separado de Julia Hudson, mãe de Julian e irmã de Jennifer.

No entanto, não foram encontrados vestígios do menino e a Polícia continua procurando hoje o Chevrolet Suburban que era propriedade de Jason Hudson.

As autoridades informaram hoje que Balfour foi mandado para o Departamento de Correcionais de Illinois por violação de sua liberdade sob palavra, algo "independente desta investigação".

Até agora, não foram apresentadas acusações contra Balfour, que estava em liberdade sob palavra por tentativa de homicídio e seqüestro em um veículo.

Os registros judiciais do Condado Cook mostram que, em 1999, Balfour se declarou culpado de tentativa de homicídio e seqüestro em um veículo, enquanto em 1998 foi condenado por posse de um carro roubado.

Balfour deixou o Centro Correcional River em maio de 2006 após cumprir sete anos de prisão, e estava em liberdade sob palavra.

Segundo o jornal "The Chicago Tribune", vizinhos disseram ter ouvido disparos de arma de fogo, e, segundo a Polícia, pelo menos uma das vítimas teria sofrido ferimentos que sugerem que tentou se defender.

A mãe do suspeito, Michele Balfour, disse que seu filho e Julia tinham se separado, e que a mãe de Jennifer o tinha expulsado da casa da família há alguns meses.

A tragédia ocorreu enquanto a cantora estava na Flórida.

A estrela foi alçada à fama com sua participação no programa de televisão "American Idol", onde ficou em sétimo lugar, embora, com sua atuação, tenha ganhado um papel no filme "Dreamgirls - Em Busca de um Sonho" que lhe rendeu o Oscar de melhor atriz coadjuvante em 2006. EFE jab/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG