Washington, 20 jan (EFE).- A Polícia encontrou hoje vários tipos de explosivos na casa do homem detido pelo assassinato de oito pessoas em uma zona rural no estado da Virgínia (EUA).

"Encontramos grande quantidade de explosivos dentro e fora da casa", disse o porta-voz da Polícia estadual, Tom Molnar.

O suspeito, Christopher Bryan Speight, de 39 anos, se entregou à Polícia esta manhã após se esconder durante a noite em uma floresta próxima a sua casa.

A Polícia informou que Speight não estava armado quando se entregou, mas, segundo os primeiros indícios da investigação, suspeitava-se que teria escondido explosivos dentro e fora da casa.

O porta-voz disse que especialistas detonaram os explosivos para maior segurança, enquanto a investigação continua em aberto.

As autoridades ainda não revelaram a causa do tiroteio, nem a relação que havia entre o agressor e as vítimas, embora a imprensa americana tenha apontado a hipótese de um conflito familiar.

A Polícia encontrou na terça-feira os corpos de três pessoas mortas a tiros dentro da casa de Speight e outras quatro fora, após receber um telefonema alertando sobre um homem caído em uma estrada, que morreu depois no hospital. EFE elv/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.