A polícia portuguesa matou um homem e feriu outro na tarde desta quinta-feira, durante um assalto a banco no centro de Lisboa, após os dois criminosos tomarem reféns, informaram as autoridades.

Segundo a imprensa portuguesa, os dois assaltantes eram brasileiros.

O criminoso ferido foi levado em estado grave a um centro médico de Lisboa.

Minutos antes da ação policial, os dois assaltantes haviam saído do banco apontando suas armas para dois reféns, segundo testemunhas.

Os dois reféns, um homem e uma mulher, que ficaram sob a mira dos criminosos durante mais de oito horas, estão sob cuidados médicos.

Os assaltantes fizeram os reféns durante um assalto a uma agência do banco Espírito Santo (BES) no bairro de Campolide, por volta das 15H00 local (11H00 Brasília).

O bairro foi isolado e dezenas de policiais e socorristas se concentraram em torno da agência.

Durante a tarde, os criminosos haviam libertado uma mulher, de 52 anos.

lf/LR/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.