Poetisa do rock Patti Smith seráé homenageada em abril

LOS ANGELES (Reuters) - A pioneira do punk rock Patti Smith vai receber da indústria musical em abril um prêmio pelo conjunto de sua obra, em homenagem a seus 40 anos de carreira como cantora, poeta, ativista política e pintora. Smith, de 63 anos, receberá o Founders Award (Prêmio dos Fundadores) durante o jantar anual de premiações da música pop do grupo ASCAP, que vai homenagear compositores e editores das canções mais tocadas de 2009.

Reuters |

Ela também vai se apresentar no evento de gala, que será em 21 de abril no Renaissance Hotel, em Hollywood.

"Ela ampliou as fronteiras da expressão artística, musicalmente e de outras maneiras, inspirando gerações de roqueiros em todo o mundo", disse o presidente e executivo-chefe da ASCAP, Paul Williams, em comunicado à imprensa.

"Patti Smith continua a ser uma artista vibrante e prolífica, que trabalha em uma grande gama de mídias."

Alguns dos homenageados anteriores com o Founders Award incluem Joni Mitchell, Paul McCartney, Neil Young e Tom Waits.

Patti Smith rejeita classificações e desdenha especialmente o apelido de "Madrinha do Punk", mas, mesmo assim, é vista como figura chave do cenário punk nova-iorquino dos anos 1970, sendo eternamente louvada por roqueiros que incluem Michael Stipe, vocalista do R.E.M.

A filha de um casal operário de Nova Jersey inspirou-se em influências como William Blake, Arthur Rimbaud, Walt Whitman e William Burroughs para dar à revolução frequentemente romantizada um vocabulário cuja epítome foi expressa no verso de uma letra que diz "Jesus morreu pelos pecados de alguém, mas não os meus."

Patti Smith entrou para o Hall da Fama do Rock'n'Roll em 2007.

(Reportagem de Dean Goodman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG