Yangun (Mianmá)- A Junta Militar de Mianmar (antiga Birmânia) anunciou hoje que adiará a realização do plebiscito constitucional do próximo sábado nas áreas afetadas pelo ciclone tropical Nargis, que deixou pelo menos 15 mil mortos no país.

O plebiscito é o primeiro passo do chamado "Mapa de Caminho" em direção à democracia do país, que será concluído, segundo afirma o regime, com eleições livres em 2010.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.