PLD escolherá novo presidente em 22 de setembro

Tóquio, 2 set (EFE).- O governamental Partido Liberal-Democrata (PLD) do Japão planeja escolher seu novo presidente - e futuro primeiro-ministro do Japão - no dia 22 de setembro, segundo fontes da legenda citadas hoje pela agência Kyodo.

EFE |

Os dirigentes do PLD se reuniram hoje em Tóquio para iniciar o processo de escolha do novo líder, que substituirá o primeiro-ministro japonês, Yasuo Fukuda, que anunciou ontem à noite sua renúncia.

Segundo as fontes do PLD, espera-se que a campanha eleitoral interna do partido comece no dia 10 de setembro.

Taro Aso, secretário-geral do PLD e ex-ministro de Exteriores, de 67 anos, aparece em princípio como favorito para suceder Fukuda, mas espera-se que outros candidatos se apresentem.

O próximo presidente do PLD se transformará virtualmente em primeiro-ministro devido à maioria arrasadora que tem com seu parceiro, o Novo Komeito, na Câmara de Representantes.

Yasuo Fukuda apresentou no final da noite de ontem sua renúncia após 11 meses no poder, diante da impossibilidade de governar por causa da oposição no Senado, controlado pelo Partido Democrático (PD) desde as eleições de julho de 2007. EFE psh/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG