PKK mata mais dois soldados em combates com Exército turco

Istambul, 27 abr (EFE).- Dois soldados turcos morreram e outro ficou ferido neste domingo em um confronto entre o Exército e rebeldes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) na província de Bingol (sudeste), informou a rede de televisão CNN Türk.

EFE |

A operação militar contra os militantes do PKK na região prosseguiu hoje com uma grande mobilização terrestre e aérea.

As duas mortes mais recentes fecham uma semana negra para o Exército turco, já que 11 soldados morreram em combates em vários pontos do país.

No entanto, até o meio-dia de hoje, ainda não havia informações de grandes perdas para o grupo rebelde curdo, apesar dos bombardeios dos últimos dias no norte do Iraque, onde o PKK mantém suas bases.

No domingo passado, em um rápido confronto contra o PKK na província de Kars (norte), na fronteira com a Armênia, quatro rebeldes e um soldado turco morreram.

Os outros combates aconteceram em lugares onde a presença do PKK é mais forte.

Um deles é o triângulo formado pelas províncias de Tunceli, Erzincan e Bingol (sudeste), onde freqüentemente os milicianos do PKK bloqueiam estradas para fazer propaganda e exigir dinheiro dos motoristas.

Os rebeldes também ocupam províncias montanhosas na fronteira com o Iraque, como Hakkari, onde dois soldados morreram na terça-feira ao pisar em uma mina supostamente colocada pelo PKK, e Sirnak, onde os milicianos curdos conseguiram matar quatro soldados em sucessivas emboscadas na sexta-feira e no sábado.

Além disso, na tarde de ontem, a imprensa turca informou que dois membros das forças de segurança morreram ao pisar uma mina do PKK instalada ao pé do monte Cudi. EFE Amu/wr/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG