PKK lembra 25 anos do 1º ataque na Turquia em busca de solução ao conflito

Istambul, 15 ago (EFE).- Na lembrança, hoje, dos 25 anos do primeiro ataque do grupo armado Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK) cresce na Turquia a esperança de alcançar uma solução pacífica a um conflito que já deixou mais de 40 mil mortos.

EFE |

Enquanto em diversas cidades turcas e europeias simpatizantes do PKK se reuniram para comemorar o início da luta armada, o Governo do islâmico moderado Recep Tayyip Erdogan segue em contato com membros da sociedade civil e dos partidos políticos para desenvolver um plano para resolver o conflito.

"A Turquia deve enfrentar este problema e resolvê-lo através da democracia. Chegou o momento para uma solução radical do problema", afirmou Erdogan na sexta-feira durante a lembrança do 8º aniversário da fundação de seu Partido de Justiça e o Desenvolvimento (AKP).

Para hoje estava previsto que os advogados do líder histórico do PKK, Abdullah Öcalan, detido na ilha-prisão de Imrali, anunciassem um plano para resolver o conflito.

Porém, após uma visita ao líder nesta sexta membros do PKK disseram que ele ainda não finalizou a proposta, que deve ser lançada na próxima semana.

O plano, segundo informações dos advogados, deve estabelecer o desarmamento progressivo dos aproximadamente sete mil milicianos do grupo na ativa em troca de maiores direitos para os curdos e mais autonomia, e defenderá a substituição da atual constituição, escrita em 1982 pela Junta Militar, por outra mais democrática.

O Governo redige seu próprio plano para solucionar o conflito, mas, por enquanto, os detalhes não vieram a público. Na sexta, porém, Erdogan assegurou que as primeiras medidas serão anunciadas "antes do fim do ano".

O líder turco explicou que poderia haver mudanças na Constituição do país, mas acrescentou que o Governo escolherá o caminho mais fácil, pois a questão das emendas constitucionais levanta suspeita entre a oposição nacionalista e kemalista. EFE amu/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG