Pistoleiros matam autoridade em Chihuahua, no México

Segundo Promotoria, pistoleiros perseguiram Víctor Humberto Ríos, de 32 anos, atiraram três vezes e fugiram

Reuters |

Homens armados assassinaram uma autoridade de um povoado do Estado mexicano de Chihuahua, no norte do México, informaram autoridades locais nesta terça-feira.

Na segunda-feira, no povoado de Cieneguita de Trejo, em Chihuahua, pistoleiros perseguiram em um veículo Víctor Humberto Ríos, de 32 anos, "atiraram nele três vezes e depois fugiram", informou em um comunicado a Procuradoria de Chihuahua, na fronteira com o Texas, nos Estados Unidos.

Ríos era "presidente secional", a principal autoridade de Cieneguita de Trejo, povoado de cerca de 2 mil habitantes localizado no sudoeste de Chihuahua. Chihuahua é o Estado mais violento do México devido, segundo as autoridades, a uma disputa entre dois poderosos cartéis de narcotraficantes pelo controle das rotas do tráfico de drogas para os Estados Unidos.

Em Ciudad Juárez, no Estado de Chihuahua, na fronteira com a americana El Paso, foram iniciados nesta terça-feira os trabalhos de escavação de uma fossa clandestina, na qual estariam enterradas vítimas do conflito entre os cartéis, disse à AFP uma fonte da Procuradoria.

Na cidade que possui 1,3 milhão de habitantes, mais de 2 mil homicídios atribuídos ao narcotráfico foram registrados este ano.

    Leia tudo sobre: méxiconarcotráficoameaçatraficantespolícia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG