Piratas somalis sequestram navios grego e ucraniano

NAIRÓBI - Piratas somalis sequestraram um navio grego e outro ucraniano neste sábado. Os piratas afirmaram que estão levando a embarcação da Ucrânia, sequestrada no oceano Índico com uma carga que inclui veículos da ONU, para a cidade costeira somali de Haradheere.

Reuters |


"Sequestramos um navio carregando equipamento industrial, incluindo carros brancos com o logotipo da ONU. Nossos amigos estão a bordo", afirmou um pirata, que diz se chamar Hussein, à Reuters por telefone, de Haradheere.

Representantes marítimos e da ONU não estavam imediatamente disponíveis para confirmar o sequestro.

Pistoleiros também sequestraram um cargueiro grego, o MT Ariana, com tripulação de 24 ucranianos, segundo Andrew Mwangura, do Programa de Assistência ao Marinheiro do Leste Afriano disse à Reuters.

"O MT Ariana foi tomado às 23h (horário de Brasília) ao norte de Madagascar em rota ao Oriente Médio partindo do Brasil. A tripulação ucraniana não teria sido ferida", afirmou.

O navio, que circulava com bandeira de Malta, pertence à All Oceans na Grécia e é administrado pela londrina Seven Seas Maritime.

Piratas somali fortemente armados ampliaram os ataques no oceano Índico e no Golfo de Aden, capturando dezenas de embarcações, sequestrando centenas de reféns e pedindo milhões de dólares em resgates.

Leia mais sobre piratas

    Leia tudo sobre: piratas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG