Piratas somalis sequestram navio britânico com 25 marinheiros

Sófia, 2 jan (EFE).- Uma embarcação de bandeira britânica com 25 marinheiros a bordo, entre eles oito búlgaros, foi sequestrada na noite passada por piratas somalis, confirmou hoje à Agência Efe a filial búlgara da empresa proprietária.

EFE |

O navio "Asian Glory", de bandeira britânica e com uma carga de automóveis, foi capturado na noite da sexta-feira a cerca de 700 milhas náuticas do litoral somali, disse à Efe o capitão Prodan Radanov, presidente do escritório da filial na Bulgária da empresa Zodiac Shipping.

O capitão do navio, que navegava de Cingapura à Arábia Saudita, também é búlgaro e os marinheiros a bordo são de diferentes nacionalidades, entre eles filipinos, indianos e romenos.

O porta-voz do Ministério de Assuntos Exteriores búlgaro, Dragovest Goranov, confirmou à Agência Efe a captura do navio.

"Não é habitual para os piratas somalis sequestrar um navio tão longe do litoral. Os sequestros no Golfo de Áden acontecem mais perto das margens da Somália, e não em alto-mar, como neste caso", disse.

O "Asian Glory" é o segundo navio da Zodiac Shipping sequestrado nos últimos dias por piratas somalis, depois que, na segunda-feira, o "St. James Park" foi capturado com 26 marinheiros a bordo, incluindo búlgaros. Assim, há 13 cidadãos da Bulgária nas mãos dos piratas. EFE vp/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG