Piratas somalis libertam pesqueiro iemenita

Sana, 2 jan (EFE).- Um grupo de piratas somalis aceitou libertar um pesqueiro iemenita que foi seqüestrado há três semanas no Golfo de Áden, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

Segundo informação dada pelo chefe da Guarda Litorânea do Iêmen, o pesqueiro chegou ao porto iemenita de Áden na noite da última quarta.

A bordo da embarcação estavam os oito marinheiros iemenitas que foram seqüestrados pelos piratas somalis no dia 10 de dezembro.

Neste mesmo dia foi capturado outro pesqueiro iemenita, com 14 tripulantes, mas que acabou libertado em 27 de dezembro.

Segundo Rasea, as duas embarcações foram libertadas sem necessidade de pagar resgate aos seqüestradores, mas também não informou a razão que levou os piratas somalis a libertarem os navios. EFE nq/fal

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG