Piratas Somalis libertam navio panamenho retido há 3 meses

Manila - Piratas somalis libertaram um cargueiro de bandeira panamenha e seus 21 tripulantes, após o navio permanecer seqüestrado durante quase três meses, anunciaram hoje em Manila, fontes oficiais.

EFE |

A embarcação African Sanderling, que opera nas Filipinas e é propriedade de uma barqueira sul-coreana, zarpou no domingo passado do litoral da Somália com toda sua tripulação, afirmou Bayani Mangibin, porta-voz da Chancelaria filipina de Assuntos Exteriores.

O porta-voz não deu mais detalhes sobre a libertação da embarcação ou a respeito do possível pagamento de um resgate.

Os piratas capturaram o navio em 15 de outubro, em águas do golfo de Áden, quando navegava rumo à Ásia.

Pelo menos 15 navios, com um cerca 300 tripulantes, estão ainda em águas somalis em poder dos piratas, que pedem resgates para libertá-los.

Leia mais sobre: piratas

    Leia tudo sobre: piratas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG