O superpetroleiro saudita Sirius Star, capturado em 15 de novembro passado no Oceano Índico por piratas somalis com toda sua tripulação e dois milhões de barris de petróleo, pode ter sido liberado nesta sexta-feira.


Superpetroleiro estava sequestrado desde novembro de 2008 / Arquivo AP

"O Sirius Star está livre, a tripulação está livre", declarou Mohamed Said, chefe dos sequestradores, à agência AFP por telefone falando do porto de Harardhere, ao norte da capital somali Mogadiscio.

Os piratas exigiam como resgate do superpetroleiro 25 milhões de dólares. Ainda não se sabe se essa quantia foi efetivamente paga aos sequestradores.

Leia mais sobre piratas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.